Lodo biológico: Você sabe como tratar e destinar os resíduos de efluentes biológicos? 

Você sabe o que é o lodo biológico? Basicamente, esse lodo (também chamado de lodo ativado ou ativo) é uma biomassa microbiana que surgiu por meio do tratamento de efluentes líquidos sanitários e industriais. 

A forma mais comum de destinação para esse tipo de resíduo é por meio dos aterros sanitários. Entretanto, com o intuito de cumprir as leis da Política Nacional de Resíduos Sólidos, muitas empresas estão buscando formas mais sustentáveis de destinar resíduos. 

Neste artigo, iremos te mostrar as alternativas mais ecológicas de destinar os resíduos de efluentes/ lodo biológico sem agredir o meio ambiente. 

 

Destinação de resíduos de efluentes/lodo biológico 

Determinar a forma mais adequada de destinar os resíduos de efluente/lodo biológico depende de uma série de fatores que precisam ser levados em consideração pelo produtor. E um fator essencial para a escolha está nas características apresentadas pelos resíduos. 

E essas características são resultantes de quais tenham sido os tipos de tratamento adotados nas Estações de Tratamento de Efluentes. Os tipos são: facultativo, aeróbio e anaeróbio, sendo dever da empresa escolher qual forma de tratamento é mais econômica para a realidade do momento. 

Normalmente, os destinos mais comuns para os resíduos de efluentes/lodo biológico encontram-se na compostagem, incineração, fabricação de tijolos e cimento, disposição no solo, cultivo de grama comercial entre outros fins. 

Os tipos de destinação de resíduos de efluentes/lodo biológico 

Confira abaixo as formas de destinação mais comuns para os resíduos de efluentes/lodo biológico: 

 

Incineração:

Nesse método, o lodo é queimado a uma temperatura de 1200°C. Não existe a necessidade do uso do combustível para a incineração, visto que o iodo já opera como um. 

Durante o processo de incineração, os gases já passam por um tratamento na própria queima, contribuindo para não propagar substâncias tóxicas pela atmosfera. A destinação por meio da incineração chega a reduzir até 95% da massa inicial de um resíduo, eliminando a problemática do descarte indevido de lodo. 

 

Compostagem: 

A compostagem é uma técnica que visa o tratamento de resíduos orgânicos, agropecuários e agroindustriais por meio dos microrganismos aeróbios que residem no próprio resíduo tratado. Neste processo, ocorre a degradação do composto. Além de ser uma efetiva forma para destinação de resíduos, ainda resulta na criação de produtos como fertilizantes orgânicos compostos. 

Neste método, temos duas formas de digestão: a aeróbia e a anaeróbia. Confira abaixo as diferenças: 

 

Digestão aeróbia: Processo em que as bactérias passam por uma fase de fermentação até a transformação no acetato que produzirá metano. Esse método é mais aconselhado para pequenas instalações.

Digestão anaeróbia: Nesse método é produzido um biogás por meio do processo de decomposição do lodo biológico. 

Por que devemos tratar os resíduos de efluentes/lodo biológico? 

Existem dois objetivos principais que norteiam o tratamento do lodo biológico:

 

  • Reduzir o volume, considerando o fato de que é impossível remover toda matéria presente; 
  • Estabilidade da matéria orgânica. 

 

Ao realizar os processos de tratamento e destinação de resíduos de efluentes/lodo biológico da maneira adequada, o manuseio será muito facilitado, especialmente pela diminuição do volume residual. 

 

Quer começar a gerenciar os resíduos de sua empresa e não sabe como? A Pró-Ambiental pode te ajudar. Temos mais de 15 anos de atuação no mercado e sabemos exatamente a melhor forma de te ajudar. Entre em contato!  

 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Matérias Relacionados

A sustentabilidade no mundo empresarial é um tópico que vem crescendo cada dia mais. Uma empresa a

 Para toda empresa que realiza algum tipo de atividade (principal ou secundária) citada no Anexo I

Se a sua empresa, durante o dia a dia de trabalho, produz algum tipo de resíduo, saiba que muito pr

Processo de grande importância para a preservação do meio ambiente, a reciclagem figura entre um

A incineração é considerada um método muito eficiente para a destinação dos resíduos produzid

A incineração de resíduos é uma prática extremamente sustentável e que traz uma série de bene

Você sabe diferenciar resíduos sólidos e líquidos? Afluentes e efluentes? Apesar dessas definiç

As definições de “lixo”, “resíduos” e “rejeitos” são muitas vezes determinadas como

Classificados pela lei 12.305/2010 Art.3 da Política Nacional de Resíduos Sólidos como parte do g

Presentes ativamente no nosso dia a dia por meio de baterias, pilhas, remédios vencidos, pneus, car

Junte-se ao grupo exclusivo de conteúdos

e receba informações com prioridade!

hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh