Resíduos Classe II: o que são e quais os tipos? 

Para que o processo de gerenciamento de resíduos de sua empresa ocorra sem maiores problemas, a realização da classificação dos tipos de resíduos produzidos durante as atividades diárias é essencial. 

 

Para isso, a ABNT determinou por meio da norma 10.004 dois diferentes tipos de classificações para resíduos, cada um contando com suas especificidades físicas, biológicas e químicas: os Classe I e os Classe II. 

Você sabe o que são os resíduos Classe II e quais seus tipos? Siga a leitura que iremos explicar em detalhes. 

 

Quais são as classificações existentes? 

O primeiro passo é entendermos a classificação de resíduos em sua totalidade. A ABNT NBR 10.004 dividiu dois grupos de resíduos sólidos: Classe I e II. Em suma, o fator primordial que diferencia ambas está na periculosidade de composição residual. 

A Classe I, por sua vez, é caracterizada por resíduos que apresentam componentes considerados perigosos para a saúde humana ou para o meio ambiente de uma forma geral. 

As características dos resíduos Classe I costumam ser inflamabilidade, reatividade, toxicidade, corrosividade e patogenicidade. E por conta dessas particularidades, os resíduos dessa classificação devem ser manuseados e processados de forma adequada. 

O que são resíduos Classe II? 

Em resumo, os resíduos Classe II são todos aqueles que não se encaixam na Classe I. Ou seja, resíduos que não apresentam em suas composições características consideradas como perigosas. No entanto, mesmo não apresentando periculosidade, os resíduos Classe II também necessitam de atenção no descarte. A destinação errada pode trazer sérios impactos para o meio ambiente. 

Dentro das características próprias dos resíduos definidos como Classe II, podemos encontrar a combustibilidade, biodegradabilidade ou solubilidade em água. 

Exclusivamente para a Classe II de resíduos, a ABNT definiu duas subclassificações, cada uma com suas particularidades: os resíduos de Classe II A (não inertes) e os resíduos de Classe II B (inertes). 

Quais as divisões dos resíduos Classe II? 

  • Classe II A (não inertes): Nessa classificação, encontramos os resíduos que, apesar de possuírem baixa periculosidade, ainda apresentam características químicas reativas a determinados meios. Esses resíduos, quando expostos ao contato dinâmico e estático com água destilada/deionizada e à temperatura ambiente, possuem um ou mais de seus componentes lixiviados ou solubilizados. Matérias orgânicas da indústria alimentícia, fibras de vidro e gessos são exemplos de resíduos Classe II A.  
  • Classe II B (inertes): Este é o grupo de resíduos que apresentam uma baixa capacidade de reação, podendo ser reciclados ou destinados para aterros sanitários de maneira segura. Essa segurança é possível especialmente pelo fato dos resíduos inertes não mudarem suas composições com o passar do tempo. Ademais, quando são expostos à água destilada ou deionizada em temperatura ambiente, mostram-se indiferentes. Como exemplos, podemos citar sucata de ferro, aço e entulhos. 

 

Conhecer as características próprias dos resíduos Classe II é indispensável para o gerenciamento de resíduos eficiente e, acima de tudo, que não apresente impactos ambientais. 

Em tempo, precisando de uma empresa especializada no mercado de resíduos, você pode contar com os anos de experiência da Pró-Ambiental. Entre em contato conosco. 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Matérias Relacionados

A sua empresa produz resíduo industrial, e você não sabe como fazer a coleta adequada deste produto? A Pró-Ambiental já atua há mais de 15 anos no mercado e oferece, com excelência, serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos industriais. Neste post, vamos explicar como a pró-ambiental pode auxiliar a sua empresa […]

Praticamente todo e qualquer tipo indústria utiliza de óleos industriais. O produto é responsável pela lubrificação e tem como objetivo maximizar o desempenho de todo tipo de máquina e equipamento. Os óleos industriais ainda são os responsáveis pela melhora na produtividade e até pela redução dos custos de manutenção, pois a substância evita o desgaste […]

O que são efluentes líquidos? Como são classificados? Como fazer o tratamento e o descarte consciente do produto? Neste post, a Pró-Ambiental vai esclarecer todas as suas dúvidas sobre efluentes líquidos industriais. É válido lembrar que a organização já atua há mais de 15 anos no mercado e oferece, com excelência, serviços de coleta, transporte, […]

Especialmente neste período em que a consciência ambiental vem ganhando dimensões cada vez maiores no meio empresarial, estar em dia com o processo de tratamento dos resíduos produzidos diariamente pela sua companhia torna-se essencial.  Afinal, os resíduos não podem ser descartados de qualquer maneira, o que mostra uma urgência para que o tratamento seja realizado […]

Você sabe o que é o CDF (Certificado de Destinação Final de Resíduos)? Especialmente se sua empresa gera algum tipo de resíduo sólido, essa é uma sigla que você precisa saber muito bem o significado e qual sua importância.  O CDF é um documento que atesta que a tecnologia usada na destinação residual está em […]

Se a sua empresa trabalha com alguma atividade que envolva resíduos perigosos, é essencial que você saiba o que representa o curso de Movimentação de Produtos Perigosos, ou como é mais conhecido, o MOPP.  Essencial para evitar problemas ou acidentes que causem algum tipo de risco para a vida humana ou para a natureza, o […]

Classificar e caracterizar resíduos, apesar de soarem como termos parecidos, são duas fases bem diferentes durante o processo de gerenciamento residual dentro de uma empresa. Cada uma apresenta particularidades que devem ser respeitadas.    Enquanto a caracterização se mostra uma fase em que são definidas as propriedades físicas, biológicas e composições químicas de um resíduo, […]

Processo de grande importância para a preservação do meio ambiente, a reciclagem figura entre um dos métodos mais eficientes para tornar sua empresa mais sustentável. E especialmente nos dias de hoje, estar em consonância com o meio ambiente é a garantia de passar uma boa imagem da corporação.    Em poucas palavras, a reciclagem tem […]

Cada vez mais, uma gestão de resíduos eficiente torna-se indispensável para qualquer empresa que deseja assumir um compromisso com o meio ambiente. Afinal, estar em dia com o desenvolvimento sustentável, além de beneficiar a natureza, você estará melhorando a reputação de sua companhia. A gestão integrada de resíduos é uma maneira eficaz de reduzir o […]

  A instauração de novos pequenos hábitos sustentáveis durante o dia a dia da sua empresa pode ser determinante para a preservação do meio ambiente, impactando diretamente tanto na imagem da sua companhia quanto, principalmente, na preservação da natureza.   O processo de logística reversa é uma forma muito eficiente de manter o compromisso com […]

Junte-se ao grupo exclusivo de conteúdos

e receba informações com prioridade!

hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh