Tratamento de Resíduos: o que sua empresa precisa saber.

Embalagens de papel, metal, plástico, substâncias tóxicas. Todos os dias toneladas de resíduos são despejados no meio ambiente. Dos mais simples aos mais complexos, eles possuem propriedades que agridem a natureza e o homem. Em termos gerais, todo “resto” das atividades humanas pode ser considerado resíduo. Alguns menos e outros mais prejudiciais ao meio ambiente e ao ser humano. Porém, praticamente todos eles poluem a natureza, atraem animais indesejados e podem demorar anos para se decompor.  Por isso, é essencial saber como descartá-los corretamente.

 

As empresas e os resíduos

A segregação de resíduos é um desafio para muitas empresas, que os produzem, em sua maioria, em quantidades significativas. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRNS) é obrigatório que empresas e organizações implementem ações para a coleta e segregação de seus resíduos, que podem ser separados de acordo com suas características químicas, físicas, radiológicas e biológicas.

Desenvolver uma gestão ambiental eficiente, além de boas políticas de descarte, não é somente um “dever”, é também uma obrigação; mostrando compromisso, responsabilidade e preocupação das empresas com o meio ambiente e a sustentabilidade, bem como com a saúde pública e bem estar da população.

 

Resíduos: Coleta, transporte e armazenamento

Sejam resíduos sólidos, industriais, domésticos ou orgânicos, os procedimentos, tecnologias e tratamentos de segregação são específicos para cada tipo residual e incluem o processo de coleta, transporte, tratamento e destino final de cada dejeto.

Coleta – O processo de segregação começa com a coleta – diferente para cada tipo de resíduo. Como a maioria deles é tóxica e prejudicial ao meio ambiente, todo cuidado é pouco, e o indicado é que a coleta seja realizada por profissionais preparados e equipamentos que garantam segurança e eficiência.

Transporte – Outro detalhe importante para a segregação de resíduos é o transporte. Térreo, aéreo ou aquático, todo resíduo precisa ser transportado com o máximo de segurança possível. Em caso de acidentes, motoristas e passageiros devem estar treinados para solucionar possíveis problemas com agilidade. Os veículos também são adaptados e equipados, garantindo o transporte seguro e evitando catástrofes.

Armazenamento – Como armazenar resíduos? A resposta é simples: com segurança. Para tanto, locais e dispositivos de armazenamento seguem normas que otimizam a segurança e o acondicionamento dos resíduos, visando evitar possíveis acidentes, tais como derramamentos, exposições e vazamentos. O armazenamento, assim como as outras etapas, deve ser meticuloso e averiguado por profissionais especializados.

Como fazer o tratamento adequado dos resíduos?

Após a coleta, o transporte e o armazenamento, os resíduos passam pela etapa final da segregação: o tratamento. Os procedimentos mais conhecidos são incineração, aterro, compostagem e reciclagem.

A incineração é um método comum e bastante utilizado para, por exemplo, os resíduos hospitalares. Nesse processo, os dejetos tóxicos são destruídos termicamente,  através de temperaturas superiores a 800°C. A queima pode ser realizada por diversos tipos de incineradores, que transformam os resíduos em cinzas e gases.

Outro método de segregação é o aterro, que funciona como um depósito de resíduos sólidos, principalmente não recicláveis. É considerado uma das formas mais higiênicas e ambientalmente corretas de se tratar resíduos, pois não ameaça a saúde pública nem o meio ambiente; uma alternativa comum para quem busca a potencialização da saúde pública. Os aterros possuem sistemas de drenagem, são monitorados e utilizam materiais preparados para cobrir os resíduos. Todos os critérios e diretrizes para a construção e o funcionamento de um aterro seguem as normas do Conselho Nacional do Meio Ambiente.

Considerada a forma mais sustentável para reaproveitar resíduos orgânicos, a compostagem é um processo simples, que utiliza decompositores e saprófita – organismos que se alimentam de outros – para diminuir a quantidade de resíduos e produzir  compostos que podem ser utilizados como fertilizantes.

A reciclagem é outra opção de tratamento. Simples, acessível e barata, consiste na separação e no reaproveitamento de resíduos. O material recolhido é reutilizado na mesma forma ou transformado em outros produtos. Processo muito comum em se tratando de, dentre outros, papéis, plásticos, vidros, metais não nocivos.

Destinação final

Conhecer o tipo de resíduo e qual a tecnologia disponível para segregá-lo – este é o grande segredo para as empresas. A segregação de resíduo, seja ele qual for, deve ser pensada estrategicamente, a fim de elevar o nível de sustentabilidade. O sucesso está em conciliar alta produção e gestão ambiental, gerando, assim, o crescimento econômico sustentável.  

 

A Pró Ambiental atua há 15 anos desenvolvendo um sistema seguro de serviços especializados em coleta, transporte, valorização e destinação final de resíduos industriais e de saúde. Precisa de apoio para realizar o tratamento de resíduos na sua empresa? Conte conosco!

Entre em contato através do nosso formulário. Clique e saiba mais. 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Matérias Relacionados

Cada vez mais, uma gestão de resíduos eficiente torna-se indispensável para qualquer empresa que

  A instauração de novos pequenos hábitos sustentáveis durante o dia a dia da sua empresa p

Presentes ativamente no nosso dia a dia por meio de baterias, pilhas, remédios vencidos, pneus, car

Manter uma gestão de resíduos químicos eficiente e segura é essencial para todos os laboratório

Especialmente nos anos em que vivemos, pensar em um futuro mais sustentável é de uma importância

Antes de começarmos uma reforma, muitas vezes pensamos apenas nas fases iniciais do processo. Dessa

Diariamente, uma enorme quantidade de resíduos dos mais diversos tipos é produzida pelas indústri

Com a velocidade que as inovações tecnológicas progridem e são lançadas ano após ano, o acúmu

Todos os tipos de resíduos apresentam um grau de periculosidade para a saúde humana e para o meio

O Brasil é um dos países com o maior número de montadoras de veículos no mundo. O mercado é um

Junte-se ao grupo exclusivo de conteúdos

e receba informações com prioridade!

Top

hhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh